quarta-feira, 25 de setembro de 2013

O dia em que eu tentei incendiar um parque empresarial...

...ou envergonhar-me...Pois é, ontem foi dia de agitação, eu costumo queimar uns incensos no escritório para atrair boas energias, a senhora minha mãe foi comigo para a o escritório da parte da tarde porque eu estava sozinha, para além de me fazer companhia também me ajuda. Eu pedi à Sra Dª minha mãe para me acender o incenso e espetar num vaso com uma planta que tenho lá, só que eu costumo espetar na borda, longe das raízes, e ela acho por bem espetar mais perto das mesmas....estão a imaginar não é?
Eu começo a sentir um cheiro a queimado, mas não liguei, comecei a ouvir o alarme do parque empresarial onde o escritório se situa, mas tantas vezes que aquilo toca sem razão, não liguei.
Quando levanto a cabeça da secretária, vejo a sala toda enevoada...nem imaginam, parecia uma tontinha, não havia fogo, mas estava a queimar a raiz da planta, deitei água e um pouco mais de fumo, os alarmes a tocar e eu a abrir as janelas todas, depois vim ao corredor, algumas pessoas que lá estavam andavam a ver de onde seria e eu lá tive que chamar o responsável e explicar o que tinha acontecido e que estava controlado. Imaginam a minha cara de parva quando ele se virou para mim e perguntou: "Mas não deram conta do fumo??" Ok, já fiquei com fama de ou andar a incendiar coisas ou de apanhar grandes mocas em casa com erva ou algo assim. Desligaram os alarmes, o responsável ficou contente por saber que os detectores de fumo realmente funcionam, eu fiquei cheia de vergonha ( Já estava a imaginar os bombeiros a entrar pela sala dentro para apagar o pauzinho de incenso), e aprendi a lição, levar suporte para os incensos.....