segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Ombro congelado... / Frozen shoulder...

Pensei em explicar um pouco melhor o que me aconteceu: Já há algum tempo que tenho tido dores no meu ombro e braço direito, ao princípio não liguei, depois como não passava fui fazer um rx e revelou uma artrose calcificada com líquido no ombro. Na altura tomei o anti inflamatório que me receitaram e assumi que teria dores suportáveis para sempre pois foi o que me transmitiram.
No fim do ano passado as dores estavam a tornar-se cada vez mais fortes e pensei em marcar consulta de reumatologia, assim foi, no dia 5 de Janeiro deste ano foi ao Hospital da Luz através do meu seguro de saúde a uma consulta de reumatologia, na qual a Dra me informou que as dores não seriam da artrose mas sim de musculos e tendões contraídos e para eu começar a prática de pilates e quando não conseguisse fazer exercício para fazer massagens de alongamento, para as dores receitou-me um medicamento que confesso que nem levantei na farmácia porque pesquisei a bula na internet e os efeitos secundários frequentes incluiam coisas como falência renal, hipertensão e enfarte. Tomei sim o anti inflamatório que o meu médico de familia me receitou. Confesso que a médica não me deu segurança especialmente porque nem me deixava contar o que me levou ali (sinceramente detesto que achem que sabem o que sentimos antes de abrir a boca). Continuei com dores e nessa semana fiz alguns esforços carregando com pesos e num abrigo de animais que ajudo. Fui levar umas massagens e fazer uns calores húmidos e nada parecia ajudar, já evitava fazer certas coisas com a mão direita, mas na terça dia 20 fiz um movimento reflexo para agarrar uma garrafa e foi o fim, tive uma dor tão forte que não conseguia impedir as lágrimas de me caírem pela cara abaixo. Fui para o hospital e veio o diagnóstico...ombro congelado, também lhe chamam capsulite adesiva, podem pesquisar e ficam a saber os detalhes científicos mas basicamente o ombro ficou rígido. Deram-me um paracetamol injectável (sou alérgica a tudo o que é droga boa) e fizeram rx. O médico de serviço imobilizou-me o braço com um sling e mandou-me ir no dia seguinte ter com um colega dele lá do hospital, Ortopedista, para tratar do braço uma vez que ele não poderia fazer mais nada, e assim fiz.
Tive muita sorte porque me recomendou um médico em quem realmente fui capaz de confiar, explicou do que se tratava, fez-me uma infiltração, quis que eu aguardasse lá para ter a certeza que eu estava ok uma vez que não deixa de ser uma bruta agulha espetada no braço e mandou-me voltar no dia 30 para ver como estão as coisas. Hoje foi o primeiro dia que estou no escritório sem o sling ( a minha coleguinha querida andou a dar-me boleia :) ) e que trouxe o carro para o trabalho, ainda devagar e a medo, mas com muito poucas dores. Provavelmente não precisarei de nova infiltração e devo começar a fisioterapia para tratar o ombro.
Foi uma ideia do que passei desde o início do ano e que talvez ajude alguém que leia, no caso de ter algo semelhante, a ir logo a um ortopedista tentar confirmar se está tudo ok, não deixem arrastar até onde deixei porque sinceramente, não poder usar o braço direito tem sido muito complicado, e se tivesse ido mais cedo ao hospital ou a outra consulta depois de reumatologia, se calhar não teria passado por aquelas dores. Já sei que a minha actividade profissional não ajuda a este problema, mas vou ouvir todos os conselhos e dicas para minimizar o estrago :)

I thought I explained a little better what happened to me: for a while I've been having pain in my right shoulder and arm, at first I didn't think much of it, but because it wouldn't get any better I went to have an xr done and it revealed an calcified artrosys with liquid in the shoulder. At the time I took some pills and just assumed I was going to have moderate pain for the rest of my life, at least that was what they told me.
At the end of last year the pain was getting worse and I went to a reumatology dr who told me this was nothing to do with bones but with muscles and so. She told me to start practicing pilates and do stretch massage and prescribed me some pain meds with secondary effects like kidney failure and stroke. I took the other meds I already had and went on with my life, making some efforts, that part is true, with wheights and helping in an animal shelter, but I did some humid heat and massages and nothing worked until on of these days I made a reflex movement because a bottle was about to fall and that was it, the pain was so strong that I couldn't stop the tears rolling down my cheek. I went to the emergency and they told me I had a Frozen shoulder, it's really the medical term for it. Long story short I had to go to an orthopedist and injected some meds directly in my shoulder, going to have to be in fisical theraphy and all that jazz.
Just thought I'd share this to someone that might read this be alert, don't let it go too far, if it doesn't stop hurting go to the doctor's, you can prevent a lot of pain and not being able to move your arm. Spending to much time at the desk with the mouse and keyboard sure doens't help (it's my job so I can't stop doing it, but I'll try to make it the best way possible.