quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Poupança em 2013

É certo, já toda a gente ouviu falar em poupar daqui e dali, etc. Mas infelizmente com a situação económica em que estamos, e sem luzinha ao fundo do túnel, é uma coisa que nos passa pela cabeça frequentemente. Ora em 2013 eu, como presumo que grande parte da população que leva para casa mais do que 485 euros líquidos, vamos levar mais um corte nos vencimentos, de 3,5%. Então, mais uma vez toca a pegar na caneta e no papel e ver o que podemos fazer para não sentir estes 3,5%, e é mais ou menos o que o senhor do anúncio do jumbo diz...lol...3,5% nos presentes, na comida...etc.

Bem, eu não sou diferente e quando vem o novo ano digo sempre, é desta que me vou tornar uma mulher poupada e juntar uns trocos. Já ando em treinos, deixei de ver sites de roupa para não me sentir tentada com promoções demoníacas porque estou a tentar repetir para mim mesmo 500 vezes: "precisas mesmo disto?mesmo? não vives sem isso?" e claro que a vozinha razoável que felizmente ainda não me abandonou grita: "não precisas mesmo mesmo disso, podes viver sem isso". E pronto, vamos ver se a voz do demo não se sobrepoe.

Começando a analisar as temáticas, começo com: os iogurtes! Ora estimando que os iogurtes caseiros quando confeccionados com leite de marca branca ficam a 0.10€ cada um (talvez um pouco menos para quem tem bi-horária e consegue colocar a máquina a funcionar apenas no período vazio), e que em nenhum supermercado (nem com promoções) se consegue comprar a esse preço, o melhor é mesmo fazer em casa. Tenho uma agravante que é a minha nutricionista mas penso que se utilizar leite magro e 1 iogurte magro (sim, precisam sempre de 1 para começar, depois podem utilisar dos que fizeram) não deverá haver problema. Como menina poupada que me pretendo tornar, vou iniciar esta medida no domingo (que é quando tenho a bi-horária a bombar 24horas no horário de vazio). Depois prometo que conto se ficaram bem ou não e faço as continhas certinhas, ok?

Já alguém fez estas contas? Vale mesmo a pena?